XXI Encontro Internacional Humboldt

A “Volta” do Imperialismo

16 a 20 de setembro de 2019

Foz do Iguaçu (Brasil)

Local de Realização do 21 Humboldt

Hotel Foz do Iguaçu: Avenida Brasil, 97 – (+ 55 45) 3521.4455/3521.4450

 

1ª Mostra de Documentários Latino-americanos 2019

 

Dia 17/09/19 das 19h00 às 21h30

 

19h00-19h15 Sessão de abertura.

 

19h15/19h45 — primeira sessão: A questão da Luta Armada no Brasil (15 minutos, 2019/BR)

Apresentação e debates Aluízio Palmar/CDHMP

 A luta política cotidiana de Aluízio Palmar

19h45/20h53 — segunda sessão: Mala Junta (58 minutos, 1996/Argentina)*

Apresentação e debates Luciano Pascoal/UEL

https://pics.filmaffinity.com/malajunta-310589273-large.jpg

20h54/21h30 — Debate da sessão.

 

Dia 18/09/19 das 19h00 às 21h30

 

19h00-19h10 Sessão de abertura.

 

19h11/20h51 — terceira sessão: ISTO (NÃO) É UM ASSALTO (100 minutos, 2018/Brasil)**

Apresentação e debates Guilherme Peraro/Kinopus

https://payload.cargocollective.com/1/14/472731/10704326/Assalto_Cartaz-A-02-2_1280.png

20h52/21h30 — Debate da sessão.

* MALA JUNTA. 58 min, HD, 1996. Argentina

 

Em 1996, quando se cumpria 20 anos da última ditadura militar, o Jornalista, Radialista e Documentarista Eduardo Aliverti realizou um trabalho documental assustador dedicado a compreender, recordar e julgar o período histórico mais cruel e atroz da história argentina. A obra trouxe à tona informações, depoimentos, reportagens sobre o horror que se instalou no país vizinho com a ascensão dos militares ao poder. Um exercício de memória fundamental para as próximas gerações.

 

Duração: 58 Minutos

Direção: Eduardo Aliverti, Pablo Milstein, Javier Rubel

Assistente de Direção: Norberto Ludin

Direção de Fotografia: Ariel Ludin

Câmera: Pablo Milstein, Ariel Ludin

Música Original: Pablo Green

 

 

** ISTO (NÃO) É UM ASSALTO/Doc, cor e p&b, 100 min, HD/DCP, 2018. Brasil

 

Sinopse

No dia 10/12/1987, sete homens invadiram a agência central do maior banco de Londrina, mantendo mais de 300 pessoas como reféns ao longo de 7 horas. Do lado de fora, 5 mil pessoas começaram a gritar a favor dos bandidos contra o governo Sarney. Trata-se do sequestro mais longo de um grande número de pessoas no Brasil. Os bandidos exigiram 30 milhões de cruzados que foram colhidos de banco em banco. Após horas de negociação, a quadrilha fugiu com um valor aproximado do exigido, levando 14 reféns. O filme apresenta o assalto sob o ponto de vista dos assaltantes, dos reféns, dos policiais, da imprensa e da população.

O primeiro dos dois filmes que a Kinopus vai produzir sobre o assalto ocorrido em Londrina em 1987. Este primeiro filme é um documentário; já o segundo será ficcional.

Entrevistados

Ana Paula Nascimento, Aníbal Vieira da Cruz, Bruno Ubiratan, Carlos Júnior Scarpelin, Célia Honjo, Christian Steagall-Condé, Delvair Dias de Camargo, Domingos Pellegrini, Edeval Moreno Milan, Edson Holtz, Edson Ribeiro Lopes, Elisângela da Silva Harber, Fábio Cavazotti, Jorge Natsuaki, José Cotello, José Maschio, Josoé de Carvalho, Jurandir Gonçalves André, Loriane Comelli, Luiz Augusto dos Santos (Borracha), Marcelino Barbosa, Márcia Borges, Margarida das Graças Silva, Maria Helena Nogueira de Lucas, Marilice Camargo Machado, Marlene de Camargo Machado, Maurício Kalau Gonzales, Maurício Sanches, Milton Doria, Moreno, Nicéia Lopes, Paulo Magalhães, Pedro Garcia Lopes, Pedro Marcondes, Pedro Roberto Ferreira, Raquel Rodrigues, Ricardo Spinosa, Rogério Ivano, Sônia Andrade,Tânia Prado, Teresinha Cecília de Andrade Rosa, Valdecir Saturnino Flor, Valdir Donizeti, Vera Faria de Oliveira, Walter Rosa, Wanderci Corral Fernandes, Wilton Antunes Ramos, e Yolanda Kameo.

 

 

 

 

 

Universidade Federal da Integração Latino-americana

 


Voltar ao Índice                               Voltar ao Topo